terça-feira, 30 de agosto de 2011

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Fiz tudo certo o tempo todo. Errei quando coloquei sentimento.
A.K.


Pensei em Você. Idealizei Nós.
A.K.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

E o que fica é essa sensação de coisa mal acabada; de que poderia ter feito mais e no entanto, não o fiz.
A.K.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

E eu que sempre me julguei infeliz e achando que todos os dias são dias desleais. Hoje te escutando, lhe olhando mas incapaz de lhe olhar nos olhos. Talvez pq seu sofrimento é tão real e pra você sim, a vida se faz fria e cruel despida. Todos os dias são realmente desleais. Mas me pergunto, como pode alguém ser tão dependente do outro. Como pode alguém ficar sem opção, sem alternativas que a levem a um porto seguro.
Realmente, a vida é coisa séria. Muito embora, tudo as vezes pareça injusto e cruel, uma escolha errada, uma única escolha mal pensada ressoa por toda 'eternidade'. É muita responsabilidade você ser autor de sua própria vida. É angustiante você ter consciência que tudo depende exclusivamente de suas opções e isso lhe direciona o rumo que a sua vida toma. Ao que me consta parece muito injusto e sofredor você ter uma única chance pra acertar e um tempo muito curto pra se manter firme no acerto. Ao que parace é que na vida não se admite erros. Você é obrigado a escolher e ao mesmo tempo se faz obrigado a acertar...
A gente tem que entender que na "vida enquanto uns nascem pra sofrer, outros riem."
Como sendo eu, autor próprio dos caminho que seguirei, sinto tanto em não poder fazer nada por você, pois você também se torna autor de seus próprios caminhos trilhados.
Garota, embora, a muito tempo eu tenha desaprendido o que é sentir, seu sofrimento me incomoda. Seu sofrimento me angustia.
Você está tão próxima e ao mesmo tempo se faz tão distante, pois é impossível que eu a alcance.
A.K.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Não é pouca coisa que me satisfaz.
A.K.


Às vezes nos perguntamos se é exatamente isso que a vida tem a nos oferecer...
Nos sonhos de infância não era assim que eu idealizava que as coisas aconteceriam.
A.K.