segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Caminhei mesmo sem entender e compreender coisa alguma.
Continuo no mesmo estágio.
Ontem: pensava que se tratava de loucura.
Hoje: percebo que essa loucura se transfigura na fé.
Amanhã: quando chegar tomará a devida forma que lhe compete.
A.K.

domingo, 23 de outubro de 2011

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Devemos ter o real cuidado pra que nossos discursos não contrariem nossa prática.
A.K.


De um jeito ou de outro, mas a gente aprende a se armar e se defender.
A.K.
Há pessoas.
Há PESSOAS.
(.) ponto!
A.K.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

E temos anseios tão grandes, que fogem da nossa compreensão, visto que nossa condição de humanos, nos torna seres limitados.
A.K.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Embora eu não saiba compreender o que quero, uma coisa é certa: em mim aumenta cada vez mais o anseio por aquilo que é totalmente livre e desprovido de vazio de sentido. Como toda busca, é fundamental que seja empreendida, mesmo não se sabendo ao certo onde terminará essa jornada. Mas acredito que é assim que se formam as certezas, antes é necessário que estas ultrapassem o estágio da incerteza.
A.K.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Sob hipótese alguma me sinto em estado de obrigar-me a estar com alguém, seja por compaixão ou outro motivo qualquer.
Se tem algo que prezo, é sentimento.
E é justamente esse que me inclina e me impulsiona à alguém.
A.K.
A gente só tem medo daquilo em que acredita.
A.K.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Quando pensamos em mudança -mudança no sentido de postura-, temos a falsa ilusão de que as coisas acontecem de forma instantânea, ou seja, hoje ao deitar pra dormir tenho uma postura e amanhã, como passe de mágica, acordarei completamente transformada. Nos esquecemos que todo processo de mudança requer tempo e paciência. Tempo e paciência para consigo mesmo.
Tudo se baseia na ausência de cobranças. Aceite você assim exatamente como és, pois és único e sendo único se torna um ser singular.
Um dia quando do nada, olhardes para trás e perceberes que as coisas aconteceram de uma forma tão natural, que para você passou quase que imperceptível, aceite-se.
Todo processo de mudança requer aceitação.
A.K.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

E a admiração consistia simplesmente por percebê-lo diferente em meio de tantas igualdades.
E era isso o bonito de se ver e mais ainda, gostoso de sentir.
Era algo sem cobrança e não requeria mais nada.
A admiração bastava por si só.
A.K.